Aos poucos vamos nos adaptando ao novo normal, uma nova realidade que fomos obrigados a nos adaptar assim que a pandemia foi decretada. Nesta nova realidade, onde ainda não nos livramos no coronavírus, mas precisamos viver apesar dele, organizamos nossa rotina com muito mais cuidado. Precisamos repensar nossas interações, os ambientes que frequentamos, a frequência com a qual frequentamos, mas principalmente, precisamos repensar como lidamos com a higiene e o nosso contato com outras pessoas.

Enquanto a pandemia não é um assunto do passado (e até quando ela for) retomamos aos poucos os hábitos que, lá em Janeiro de 2020, não achávamos que precisaríamos abrir mão. E um desses hábitos é aquele momento que separamos para cuidar do nossos corpo e da nossa mente. Quem tinha costume de frequentar academias, studios e outros ambientes fechados hoje precisa tomar cuidado redobrado com aglomeração, contato físico e compartilhamento de equipamentos.

Mas mesmo que você não se exercite em ambientes fechados, não se engane. Não é porque você pratica atividades físicas ao ar livre que poderá abrir mão das medidas de segurança. Muito pelo contrário. Ambientes externos podem ter uma circulação ainda maior de pessoas e sem uma garantia de que o espaço está descontaminado.

Pensando em te ajudar a voltar a praticar seus exercícios, preparamos um passo a passo para voltar às atividades ao ar livre com segurança. Dá uma olhada:

Antes de sair de casa

Antes de sair da sua casa para o treino, separe uma roupa limpa e higienize todos os acessórios que levará consigo (mochila, tatame, garrafa de água, etc). Separe uma garrafa de água cheia para evitar utilizar bebedouros públicos, uma toalha de uso pessoal, um recipiente de álcool em gel que seja prático para levar a qualquer lugar. E não se esqueça da máscara!

Ao chegar no espaço de treino

Por enquanto, sem abraços e apertos de mão. A melhor demonstração de carinho com colegas e parceiros de treino no momento é evitar o contato físico. Escolha o seu lugar de treino, lembrando de manter uma distância mínima de 2 metros de outros praticantes. Mantenha todos os seus pertences próximos a você (quanto menos coisas você levar consigo, melhor).

Durante o treino

A máscara não serve só para ir de um lugar ao outro. Ela precisa ficar bem posicionada no rosto durante todo o treino. No começo, treinar com máscara pode gerar desconforto por conta da barreira de tecido que dificulta a respiração e, consequentemente a oxigenação do corpo. Por isso, pegue leve no começo. Deixe seu corpo se adaptar ao retorno dos treinos e, principalmente, aos treinos com máscara. Se você sentir tontura ou outro tipo de desconforto, avise o professor e descanse por alguns instantes.

Outro cuidado a se tomar é não compartilhar equipamentos e acessórios com outras pessoas. Os objetos (pesos, cordas, etc) utilizados durante os treinos devem ser de uso individual e devidamente higienizados. 

Depois do treino

Ao finalizar seu treino, é importante tomar as medidas para não carregar o vírus para a sua casa ou outro ambiente para onde você irá em seguida. Higienize o máximo que puder todos os seus equipamentos, lave bem as mãos e os braços (ou utilize álcool em gel, se necessário).

Ao chegar em casa, retire os sapatos ou higienize as solas. Na sequência, coloque as roupas utilizadas durante o treino para lavar e, novamente, higienize qualquer equipamento que você tenha colocado em contato com o solo ou outras superfícies. Se não for possível tomar banho, ao menos lave bem as mãos e os braços e coloque uma roupa limpa. 

Vale lembrar que o nosso papel na prevenção da COVID-19 e qualquer outra doença é evitar a transmissão do vírus. Por isso, é importante que levemos a sério as medidas de segurança. Com este passo a passo, você ter uma chance maior de evitar a transmissão do vírus e poderá retomar aos poucos as atividades que são tão importantes na sua rotina.